terça-feira, 31 de março de 2009

Saudade


Era um dia como tantos outros.Minha filha parou de brincar e dirigiu-se a mim.Tinha tres anos,sentou-se a meu colo e fez-me então a pergunta que eu nunca imaginara
"Mamã, quando você morrer, você vai sentir saudades?"
Entristeci. Não sabia o que dizer. Ela entendeu e veio em meu socorro
"Não chore, que eu vou te abraçar..."
Ela, menina de três anos, sabia que a morte é onde mora a saudade.
Hoje,depois do que poderia ter sido um simples telefonema...sube de alguem meu conhecido,que falecera ontem á noite...
Num momemnto nostalgico...lembrei do que minha filha um dia me perguntou....
Descança em paz minha querida Cândida....

segunda-feira, 30 de março de 2009

Ás vezes não sei como te chamar


Quando os teus olhos se enchem de raiva e ódio,quando tua voz se torna altiva e rude...voltas a ser o que foste á vinte e oito anos atrás...

Ela não te consegue olhar,nem desculpar...tem flash de tudo que aconteceu.E agora desejas arduamente que ela te entenda?Como???

Todos nós temos de ter a capacidade de saber,que quando cometemos certos actos certas atitudes no passado,o presente jamais poderá apaga-los ,e tu procedes-te tão mal...não tives-te a capacidade de os por acima de tudo...e de todos...

Ela faz questão, de te mostrar ao longo destes anos que vocês se aproximaram novamente,que nunca te perdoou...que nunca te perdoará...e uma vez mais te disse que nada a derruba ensinas-te-a a ser assim...e aprendeu a lidar com indiferença para tudo e todos que nada lhe dizem...

Ela tem a consciência,de que deve ser bem penoso para ti,não conseguires chegares-lhe a tocar no coração,não seres o dono da razão,frustrante não???

Não poderia ser de outra maneira,digo eu...

No fim pude escutar o pensamento dela,quando olhando nos teus olhos em silencio,te disse...

"Já não te odeio....mas não consigo te amar...."

domingo, 29 de março de 2009

You can fly

Por muito custoso que se torne....por muito tempo que leve...

Podemos sempre voar e acreditar...naquilo que quisermos...

sexta-feira, 27 de março de 2009

Despachar...simplesmente


Hoje corro o risco de me assemelhar com o tamanho da escrita ,dum blog que adoro ler e recomendo http://nalinhadaslinhas.blogspot.com, mas não havendo comparação pois apenas me perco a escrever.
Acordei com vontade de não ir trabalhar(e como filha do patrão)corri o risco de me tornar uma menina mimada(que não sou)e não fui.Permanecendo em casa e montando tenda no quarto de minha filha resolvi fazer uma batalha campal com os seus lindos bonecos.Que teimavam em não querer abandonar aquele local.
Entre empurrões e algumas contrariedades,consegui ao fim de alguma luta interior,sim porque isto de despachar aquilo que já não queremos,sempre me fez alguma confusão,mas acabo por chegar ao veredicto,de que realmente com o passar dos anos´nossa convicções acabam por mudar mesmo.E a facilidade que encontro em desfazer-me daquilo que já não quero,já não me é tão difícil apesar de confuso.Os objectos não me faz assim tanta confusão mas quando falamos de pessoas o caso tornasse mais complicado,e eu assemelho sempre isso quando penso em me desfazer de alguma coisa.
Correndo o risco de me tornar uma criança inveterada,vejo todas aquelas series de crianças que passa no panda(sou obrigada a isso,rsss)e nesta minha batalha acabei por falar com ursos e bonecas;"...ora bem vocês não podem ficar mais connosco"disse-lhes eu
"oooooooooooh....,não nos abandones...."pediram entristecidos
Realmente como somos capazes de descartarmos-nos de coisas que já não nos dizem nada mas que nos acompanharam por tanto tempo?É como no Amor!Tem uma altura em que tudo acaba mesmo não acabando...
E como podemos nós contornar essa situação se não houver volta a dar?
Venci e consegui pó-los a todos,sem pena,num grande e bonito saco de plástico.
Convenci-me a mim mesma e aos propios , que teriam outro lar,outros meninos que não os conheciam e lhes dariam tanto amor como nós já o fizemos antes.
Entre sacos e sacolas ao fim da manha já estava pronta pra dar rumo aqueles tristes bonecos.
Um pouco aflita lá consegui meto-los todos no carro e partir em destino de um novo lar.
Tinha que me desfazer deles naquele instante,não poderia correr o risco de minha filha vê-los e aí então,como criança(sem o passar dos anos como eu)quereria ficar com todos no seu quarto.
No caminho pensei uma vez mais...como sabemos correr quando algo não nos interessa.
È tão fácil despachar...
E neste rebuliço,entre ursos e bonecos,livre por completo dos mesmo, regresso a casa.
E não consigo abstrair-me do mesmo pensamento,como é tão fácil despachar...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Equilibrismo



«...Esse homem está sempre com medo de comprometer-se, de ir demasiado longe; o menor excesso fá-lo tremer; não tem outro cuidado senão o de conservar em todas as coisas o justo meio termo.
Será isto equilíbrio? De maneira nenhuma: isto é equilibrismo! O homem equilibrado reúne e harmoniza em si as tendências opostas (a vontade e a paixão, a prudência e a audácia, a lucidez e o entusiasmo); é como uma montanha cujo equilíbrio implica a existência de duas vertentes. E essa amplitude de base permite-lhe precisamente, como a montanha cujo cimo se perde audaciosamente no céu, comprometer-se a fundo, desprezar as meias tintas e as precauções; pode ir muito longe e muito alto sem perigo para a sua base interior; é bastante forte e rico para ser saudavelmente excessivo.
O equilibrista, pelo contrário, está separado da vida e toda a sua habilidade consiste em manobrar sabiamente para ficar de pé no meio do torvelinho das forças adversas que o agitam e que ele não pode dominar.
O primeiro evita a queda quando aderindo plenamente à vida; o segundo, mantendo-se alheio a tudo.
Os dois escapam às correntes perigosas: um porque comunga com a fonte mesma do rio; o outro... porque sabe manobrar o seu barco.»

THIBON,GUSTAVE

No equilibrismo esperamos sempre a altura certa...
Nem cedo demais...
Nem tarde demais...
Se soubermos... quando é a altura....

quarta-feira, 25 de março de 2009

Porque há dias assim...




Há dias assim...
Em que acordo com lágrimas das faltas que sinto de ti
Há dias assim...
Em que me visto com raios de sol e fracões de luares
Há dias assim...
Em que me desencontro de mim
Há dias assim...
Em que busco no dia pedaços de nós
Há dias assim...
Em que fecho os olhos para fingir que tudo é um sonho
Há dias assim...
Em que me esqueço de te esquecer
Há dias assim...
Em que as estrelas mudam de lugar
E eu não te consigo mais olhar
Há dias assim...

terça-feira, 24 de março de 2009

Phantom of the Opera

Hoje tive desejos de voltar a Londres só para rever novamente esta magnifica peça de opera.


>Her Majesty's Theatre é um teatro da West End Westminster,considerado por muitos a casa de Londres do Fantasma da Ópera.



Para quem não assistiu aqui vai uma amostra,apesar de nada ter a haver com a peça ao vivo naquele grandioso teatro,que nesta cena em particular,abriu o chão do palco e tornou-se "num verdadeiro" canal por onde passava o barco,então.Iluminado por uns candelabros de velas,ao som de magnificas vozes,nesta linda canção...só mesmo assistindo,nos conseguimos arrepiar de emoção....

segunda-feira, 23 de março de 2009

Persistir....





O verdadeiro heroismo consiste em persistir por mais um momento,quando tudo parece perdido...
....mesmo que tudo já esteja perdido....

domingo, 22 de março de 2009

Sim ou Não???


Nâo te amo mais

estarei a mentir se disser que

ainda te quero como sempre quis

tenho certeza que

nada foi em vão.

Sinto dentro de mim que

não significas nada.

não poderia dizer jamais que

alimento um grande amor.

sinto cada vez mais que

ja te esqueci!

e jamais usarei a frase

EU AMO TE!

sinto, mas tenho que dizer a verdade

é tarde demais...



agora lê de baixo para cima

sexta-feira, 20 de março de 2009

Só um olhar.......


Fugo com o olhar, quando olhas assim pra mim,meu amigo.......

Conhecemos-nos á tantos anos e sabes tanto de mim,como um verdadeiro amigo que és

Mas lembro-te no primeiro de nossos dias ,quando igual ao ainda hoje,me olhas-te bem fundo

nos meus olhos e aproveitas-te aquele momento em que ria pra me dizeres

"Lindo teu sorriso...contagiante...mas tens um olhar triste..."

Ri-me demais...e disse-te

"...impressão tua...afinal ainda não me conheces..."

Hoje bem sei que não te posso dizer o mesmo,já me conheces demais...

Apenas fugo com o olhar,mas quando regresso...

...sorris pra mim e dizes

"...conta lá ao amiguinho..........."


E no fim prometo a ti/mim que não vou....

quinta-feira, 19 de março de 2009

Uma vez mais


Apareces-te!!!
De novo,uma vez mais........
Como foi agradável te puder rever,tocar,olhar carinhosamente,escutar tua doce voz,sentir a suavidade dos teus cabelos e beijar ao de leve teus lábios.......
Como foi caloroso teu abraço,teu amor..........
Imparcial e delirante permaneci a teu lado recebendo teu carinho.
Á tanto tempo... que não me vinhas visitar.....
Nada importou,unicamente usufruir do momento,que foi tão breve.
Sem nada para me guiar o caminho para casa
Descarregando vazios e transformando-os em pedra
Com alma presa...determinada a te transportar comigo
Acordei de um sonho uma vez mais te perdi
Não sei quem és...nunca te consigo ver o rosto por inteiro
Mas continuas me visitando de vez em quando
Mas és sempre um sonho ameaçado pela luz da manha...

Beija-flor

A nossa musica nunca mais tocou....
...meu beija-flor....

terça-feira, 17 de março de 2009

Um dia feliz





É nas pequenas coisas da vida,que encontramos a grandeza da felicidade.
Duas amigas eternas...
Uma praia.....
Um dia de sol...
Uma amizade linda!!!


segunda-feira, 16 de março de 2009

Fugir



Fugi... tremola sem sentido,apavorada com receio,
Consciente distanciei-me a querer ficar.
Fugo... querendo afastar-me,longiquamente tentando ficar.
Fugirei... um dia,uma vez mais,para não encontrar
O que sempre andarei a procurar....

Fugi,fugo e fugirei .... de mim.....de ti.....
E assim vivo e viverei............porque já não sei,nem aprenderei
A premanecer sem.......Fugir


"Numa terra em guerra, havia um rei que causava espanto.Cada vez que fazia prisioneiros, não os matava.Levava-os para uma sala, que tinha um grupo de arqueiros num canto e uma imensa porta de ferro do outro, na qual tinha gravadas figuras de caveiras cobertas de sangue.

Nesta sala ele fazia com que ficassem em círculo, e então dizia-lhes:

"Podem escolher entre morrer atingidos pelas flechas dos meus arqueiros ou passarem por aquela porta e serem lá trancados por mim.

" Todos os que por ali passaram escolhiam serem mortos pelos arqueiros.

Ao término da guerra, um soldado que servira o rei por muito tempo, disse-lhe:

"Senhor, posso fazer uma pergunta?""Diga soldado.""O que havia atrás da porta assustadora?"

"Vá lá e veja!"

O soldado abre vagarosamente a porta, e percebe que à medida que o faz, raios de sol vão entrando pela sala, iluminando-a.

Ao abrir a porta por completo nota que esta levava a um caminho que conduziria à liberdade.

O soldado admirado olha apenas para o seu rei, que lhe diz:

"Eu dava-lhes a escolha, mas eles preferiam morrer a arriscar abrir esta porta!

"Quantas portas deixamos de abrir com medo de arriscar?

Quantas vezes perdemos a liberdade e morremos por dentro, apenas porque sentimos medo de abrir a porta dos nossos sonhos?"

domingo, 15 de março de 2009



"O amor é como uma pequena planta silvestre que se instala atrevidamente no nosso jardim, depois vai crescendo, e levemente contagia todas as outras plantas que se deixam seduzir por todo o seu encanto. Tal como o amor, as plantas sofrem. São muitas as vezes que elas fecham as suas pétalas, despedaçando lágrimas para depois solta-las em pequenos pedaços, só para que o jardim não fique triste ao vê-la chorar. São muitas as formas que encontramos para descrever este sentimento. Reduzi-lo apenas a uma não possível. Se esse amor for sincero, estamos todos certos. Fazemos perguntas, ouvimos respostas, por momentos perdemos a vergonha e falamos..."
Autor desconhecido

sábado, 14 de março de 2009

To You.....



You .........can´t fight the Moonlight!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 13 de março de 2009

Nossa amizade


Como é maravilhoso passar algum tempo contigo minha querida amiga ANITSIRC para mais quando não é esperado podermos-nos encontrar,hoje não estava á espera ADOREI a surpresa.

-Adorei almoçar contigo;realmente só nós nos damos bem no buffer do restaurante chinês.

-Adoro nossas conversas divertidas,como nos rimos com satisfação.

-Compras!!!!!!!!!!!!!!!!Não poderiam faltar...lógico!!!!!!!!!!!!!!

Uma tarde maravilhosamente bem passada,como sempre!!!

Quente...lindo!!!


Porque hoje parei um pouco a janela a saborear este calor e não pude deixar de registar...........
Quente..........humm.....verão á porta!!!!
Lindo.......o por-do-sol da minha janela!!!!!!!!!!!

quarta-feira, 11 de março de 2009

Matar o Amor....


....este amor que persiste em existir em mim,em me consumir,em me matar devagarinho...lentamente.
Então decido...
...tiro.o do meu coração,emolduro-o na mais bela baguete dourada,da cor do por-do-sol,que um dia desejei ver a teu lado.
Componho essa tela com raios de prata, da cor dum belo luar,que um dia nos iluminou o caminho.
Algumas pinceladas de tinta azul da cor do mar,que tantas vezes tivemos como cenário para o nosso amor,verde e castanha,da cor dos teus olhos,que sempre se iluminaram a olhar-me...e eu não consegui parar esse tempo...
Penduro então esse quadro numa parede,completamente vazia e branca,para o poder finalizar.
Comprei as mais afiadas espadas,os mais acutilantes punhais e as setas mais aguçadas que existem.....
...faço tiro ao alvo...para te finalizar de vez.
Porque não posso te amar mais,
Porque não quero sofrer mais,
Por alguém,que nem sequer sei se me lembra,ou sente minha ausência.
São tempos perdidos de espera...

...e eu não posso te amar mais...

terça-feira, 10 de março de 2009

Uma estrela brilhante


Esta noite,vi como se pinta o céu de azul....
Num simples gesto,que saiu de ti,homem-criança com teus problemas mentais com tuas deficiências sem vista a olho nu.
De uma educação enorme,de um sorriso bonito.dum ar completamente normal,apenas porque teu sistema neurológico assim o não permitiu e te levou para outro lugar onde não é o meu,onde não te entendo muito bem.
E sem palavras eis que surge piropos,um elogio entre tantos outros,apenas porque gostas-te e não te calas ao mundo.
"...um sorriso muito bonito,mesmo muito bonito..."disses-te.
Uma simples palavra,que encantou meu mundo,nesta madrugada,dentro daquela sala de urgências,dum hospital qualquer.
"...digo porque é mesmo verdade e eu gostei desse sorriso..."tornas-te a dizer.
Não pude deixar de sorrir pra ti...
"Nunca ninguém mo tinha dito ás 05.30 da manha!!!"disse-te
E assim terminou um só momento,apenas e só.
Mas que nos faz pensar;como coisas simples e vindas do nada,por vezes são suficientes para encher o nosso coração com alegria.Por nos roubar sorrisos sinceros.E nos fazer lembrar que somos ainda seres vivos neste mundo preenchido de tristezas ,magoas e tantas ausências de afecto,de compreençao pura entre os humanos.
E terminada a minha companhia a um familiar,naquele hospital,levantei-me e sorri ,puramente ,para ti,desejando-te um dia bom.
Mas já não eras tu...enquanto me olhavas nos olhos...perdes-te-te no teu mundo,que eu não conheço......que eu não imagino como seja..................

( as pessoas loucas,tb são seres humanos como nós,tb vivem,tb sentem e precisam de atenção como todos nós

e não seremos nós,mais loucos que eles por vezes???)

segunda-feira, 9 de março de 2009

Agradecimento a linda Lita....

Fiquei deveras supreendida e mt contente em me teres gratificado Lita com estes carinhos teus para mim.
Na minha modestia escrita te agradeço com mt satisfaçao,não me considero merecedora de tanto.
Um bjinho com mt carinho meu por ti ,e o meu obrigada .




Os meus nomeados são;
http://d-obcession.blogspot.com/ (bem sei que o já recesbes-te de outra pessoa mas n poderia deixar de to oferecer tb)


Porque......

....eu,quando me apetece fazer alguma coisa,faço!
Este post é dedicado a ti Edu, http://d-obcession.blogspot.com/ simplesmente porque me apeteceu,porque tens o dom de escrever bonito .

A musica que me emprestas-te para ouvir...
Adorei!!!





Obrigada!!!
Porque gostas de rir e és de natureza alegre como me disses-te...eu tambem,este é para ti
Estive visitando um site muito legal e resolvi indicá-lo!
Clique na imagem abaixo para jogar!
Jogos Online Grátis - O melhor site de jogos online!!

Sorri sempre!!
Agora umas palavras minhas para ti;
Quando somos sinceros e puros de sentimentos,ficamos felizes com a felicidade dos outros.
Quero que sejas sempre muito Feliz!!!!
Amizade....é qd mesmo sem nos conhecermos,pequenos gestos.palavras e sentimentos nos fazem sentir Grandes.

Mais palavras para quê....um bjinho enorme em ti meu amigo....Edu.

sábado, 7 de março de 2009

Repousa em mim I......



Eu não ouvi você partir
Eu quero saber como eu ainda estou aqui
Eu não quero mover nada
Isso deve mudar minha memória
Oh, eu sou o que eu sou
Eu farei o que eu quero
Mas eu não posso esconder

E eu não irei
Eu não dormirei
Eu não posso respirar
Até você repousar aqui comigo
Eu não partirei
Eu não posso esconder
Eu não posso ser
Até você repousar aqui comigo

Eu não quero chamar meus amigos
Eles devem me acordar desse sonho
E eu não quero deixar essa cama
Arriscando esquecer tudo que aconteceu

Oh, eu sou o que eu sou
Eu farei o que eu quero
Mas eu não posso esconder

Eu não irei
Eu não dormirei
Eu não posso respirar
Até de você repousar aqui comigo
Eu não partirei
Eu não posso esconder
Eu não posso ser
Até você repousar aqui comigo

quinta-feira, 5 de março de 2009

Não vou parar....



Apenas uma foto...

Mas eu não sei parar de te olhar

...não vou parar de te olhar...

...eu não me canso de olhar...

...não vou parar de te olhar....

Alma



De que foges tu,pobre alma incerta...sem ter para onde ir,sem nada que te leva daqui.
Na incerteza tua,de que tudo caminha devagar,lentamente,desencontras-te de ti, de almas que viajam ao teu encontro e tu cega,nas tuas incertezas,nem vislumbras.
Em passo de corrida percorres um universo de insegurança de medos de expectativas vãs...sem nunca conseguires descansar.
Alma que voa de encontro ao vento,e que se deixa á deriva,sem rumo,sem sitio onde descansar.
Sobrevoas,caminhos já percorridos na esperança de algo encontrar,esquecendo-te que o tempo também voa e nada existe para te acompanhar.Não olhes para trás,alma leve,porque nada será preciso recordar,deixa-te á deriva ficar ,sem pensar ,sem nada querer encontrar.
O caminho que terás de percorrer será sempre o mesmo,de nada te vale tentares mudar de rumo de direcção.Então sem correrias,deixa-te ficar á deriva no ar,embalada por esse vento que sopra sem direcção...porque a algum lado ele te vai depositar.....



"É minha direção, é minha proposta
É tão difícil, está me desviando do caminho

Minha obsessão, é minha criação,
Você entederá, não é importante agora

Tudo que preciso é coordenação,
Eu não consigo imaginar meu destino
Minha intenção, peça minha opinião,
Sem desculpas,
Meus sentimentos ainda permanecem

Meus sentimentos ainda permanecem"

quarta-feira, 4 de março de 2009

Sometimes....




No mar da vida há ondas fortes....(que eu chamo de momentos) não devemos afundar,porque quando elas passam,tudo se ilumina....tudo se transforma....

Lenda de sereias


Conta a lenda,que existe uma pulseira de contas de uma sereia entre os humanos e quem a encontrar,usar e tocar com ela no seu amor,terá um romance maravilhoso para o resto de sua vida.
Diz a lenda que essa pulseira de contas,foi um dia entregue por uma sereia a um humano,por essa sereia se ter entristecido,por não conseguir ter o seu amor, mesmo possuindo a dita pulseira.Desde então nunca mais ninguém soube da mesma.
Dizem que encontrava-se ,sentada numa rocha lendo ,quando porem, olhou para o lado e na areia molhada,se encontrava uma pulseira de contas.Seu espanto, levou-a a pensar que poderia ser a dita pulseira.
Guardou-a milagrosamente,até ao dia que encontrou alguém especial...um dia ao fim da tarde,encontrou-o na praia.Aquele dourado do sol se pondo,tornou aquele momento mágico,e quando os seus olhos se cruzaram pela primeira vez, tudo parou no tempo.Era ele o seu amor ,disso não tinha duvidas...um tempo mais tarde, colocou a dita pulseira e foi ao seu encontro.
Lá estava ele olhando o mar como sempre fazia e adorava.Chegou perto dele,abraçou-o,podendo então tocar-lo com ela...mas seu coração ficou fechado e sua boca calada.Algum tempo,mais tarde, partiu e nunca tiveram aquele romance maravilhoso.
Diz a lenda,ou que guardou com ela a pulseira de contas,ou a devolveu de novo a areia da praia,voltando a ficar na posse de uma sereia.
De que serve ter-mos algo magico se não nos esforçar-mos para conseguir conquistar?Pensou aquela rapariga.
Para tudo na vida tem de haver confiança e empenho.
Podemos até acreditar que existem pulseiras magicas,mas se não nos empenharmos em ter o que queremos, não serve de nada possuirmos-las.....

terça-feira, 3 de março de 2009

Eu



Pudesse eu como o luar

Sem consciencia encher

A noite e as almas e inundar

A vida de não pertencer!


Fernando Pessoa

Dificilmente


...conseguimos encontrar respostas para nossos actos,nossos procedimentos neste mundo.Porque aqui na terra tudo é complicado,nunca nada está certo...

Têm vezes que fazemos coisas erradas com pessoas certas,outras ,fazemos coisas certas com pessoas erradas...

E acabamos por nunca sabermos ao certo como deveremos agir.Então o melhor será agirmos á nossa maneira e acharmos sempre que agimos da maneira certa ,as pessoas é que eram erradas....

segunda-feira, 2 de março de 2009

Talvez...


O tempo passou,o inverno chuvoso quase que para trás ficou,quanto tempo passou?...

Olhando o mar,as lembranças vêem ao pensamento,essas que nunca deixaram de viver na memoria de alguém que amou,riu,chorou e sofreu com esse amor impossível.

Talvez...volte a amar...

Na alma nunca se apagará as recordações de um amor lindo e puro,a meio da etapa da sua vida...

Talvez...,talvez um dia,esse alguém também se lembre de mim...ou da maneira como me conheceu ....


....um dia....


....talvez............

Desafio Verdades/Mentiras

Olha,olha...hoje veio mesmo a calhar este desafio,pois minha cabeça hoje está envolvida em tantos pensamentos,que se torna difícil exprimir algum...Então vamos lá a este desafio,proposto pelo meu querido Edu http://d-obcession.blogspot.com/ .Consiste em dissermos 9 coisas sobre nós propios,em que 3 seram mentiras e vocês teriam de adivinhar quais são,se acertam ou não será para ver-se depois loool



1-Tenho olhos azuis

2-Adoro comer ananas

3-Sou divertida e alegre

4-Gosto de viajar

5-Sinto-me completa quando estou perto dos meus amigos

6-Gosto de andar a cavalo

7-Não sei conduzir

8-Já pensei em viver no Algarve

9-Gosto de musica clássica



Ora,agora é só adivinharem...

Desta vez desafio:

http://blogdapatriciasilva.blogspot.com/

http://my-silent-nights.blogspot.com/

http://soporumalagrimatua.blogspot.com/

http://escorpiaoblog.blogspot.com/

http://pensando-em-voz-alta. blogspot.com

domingo, 1 de março de 2009

Love


O....
A
M
O
R
é como um circo....se for bom estará sempre repleto de ....
magias , atracções e malabarismos. ..