quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Feliz 2011

9...8...7....6...5...4....3....2....1....
Feliz Ano Novo



A esperança é cheia de confiança.
 É algo maravilhoso e belo, uma lâmpada iluminada no nosso coração.
 É o motor da vida.
 É uma luz na direcção do futuro.
 Conrad de Meester



A todos os meus amigos desejo um Feliz 2011 e que o Novo Ano vos traga tudo o que mais desejarem mas nunca se esqueçam que nós propios é que somos o motor de arraque para as nossas concretizações.
Divirtam-se!!!!
                              Bjinhos meus, cheios de Luar em todos vós!

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Um Feliz Natal!





 

                                                                 FELIZ NATAL




A todos vós que me são queridos,amigos e companheiros de alguma jornada em comum.
Este ano lanço assim os meus mais sinceros votos de um Feliz e Santo Natal.
Desculpem-me a falta de tempo e  assim sendo acredito que ao faze-lo desta maneira não falharei com nenhum de vós e tenho a certeza que me entendem e aceitaram de bom agrado os mesmos.
Uma vez mais, a todos vós desejo acima de tudo que esta época vos traga Paz,Serenidade,Partilha,União,Saude e acima de tudo Amor.Tudo o que mais desejarem e nunca se esqueçam de Serem Felizes!
Beijinhos meus, cheios de luar e amizade.
                                                              Obrigada!




quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Tu e Eu



Tantas são as vezes que existem coisas que se tornam bastante mais fáceis de dizer numa lingua que não seja a nossa.
Poderiamos ter usado as mesmas palavras,mas nunca falámos a mesma linguagem.
Nunca te cheguei a dizer com quem costumava ser o meu sonho....
Não por ele ter sido Mau como sempre pensas-te....
Mas simplesmente...porque Mau,foi eu ter acordado logo, a seguir....

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Intrevalo entre Limites

Consecutivamente, em sua vida, Catarina tinha por hábito fazer intrevalos entre os seus dias de vida.
Como que suspensa numa corda,na tenda de um grande circo,ela se imobilizava,por momentos.Sentindo apenas, tudo se movimentar á sua volta.Como que se tentando equilibrar e ganhar coragem para mais uma etapa.
Um tipo de automutilação a que se habituara á muito e muito tempo atras...

Este poderia bem ser o inicio de uma  história de coragem e determinação de uma Mulher,que no vazio das suas memorias, que ficaram no intrevalo entre limites da vida,tenta a todo o custo voltar sempre, mais forte e resistente...
Mas Catarina é apenas e meramente uma personagem....




(...) é preciso partir
é preciso chegar


... Ah, como esta vida é urgente !
... no entanto
eu gostava mesmo era de partir ...
e - até hoje - quando acaso embarco
para alguma parte
acomodo-me no meu lugar
fecho os olhos e sonho :
viajar, viajar
mas para parte nenhuma ...
viajar indefinidamente ...
como uma nave espacial perdida entre as estrelas.

                                                                                         Mario Quintana