quarta-feira, 25 de março de 2009

Porque há dias assim...




Há dias assim...
Em que acordo com lágrimas das faltas que sinto de ti
Há dias assim...
Em que me visto com raios de sol e fracões de luares
Há dias assim...
Em que me desencontro de mim
Há dias assim...
Em que busco no dia pedaços de nós
Há dias assim...
Em que fecho os olhos para fingir que tudo é um sonho
Há dias assim...
Em que me esqueço de te esquecer
Há dias assim...
Em que as estrelas mudam de lugar
E eu não te consigo mais olhar
Há dias assim...

9 comentários:

Dois Rios disse...

A ausência sempre faz dias assim.

Beijos,

Inês

p.s. Obrigada pelo carinho da sua visita. Eu também gostei muito do seu blog. Vou ficar "freguesa", rsrs..

Amiga do Cafa disse...

Dias que é melhor nem pensar.
Seu blog é lindo !

A.S. disse...

Há dias que anoitecem a alma!
Mas não esqueças, que quanto mais lougo for o tempo da ausência, mais intenso será o momento do reencontro!!!


Beijos doces...

Lita disse...

Há dias que parecem nunca passar, há dias em que as horas ganham vida própria e acrescem minutos , e minutos, e não nos deixam seguir.
Mas acabam por passar e logo a seguir vem um novo dia, uma nova oportunidade de tudo ser diferente.
Em que as lágrimas evaporam, e deixam que vejamos os nossos desalentos de outra forma,onde encontramos as peças certas que nos permitem construir um novo puzzle, reconstruir uma nova imagem devagarinho...

Um beijinho
Lita

ŁǺи¥ disse...

"... Porque há dias assim... Em que a fragilidade teima em afirmar a sua existência em mim (nós)..."

Obrigada pela visita! =)
Volte sempre! ;)

Tenha um ótimo restinho de semana!!
Tudo de bom... beijo ;*

A.S. disse...

Voltei... para te dizer que a geada tudo queima no Inverno. Mas na Primavera, tudo renasce, tudo se renova. Até o Amor!...


Beijos...

LORENZO MONSANTO disse...

Que seriam dos outros dias em que tudo nos parece perfeitos, sem estes dias?

Que nestes dias, se saiba sempre que o coração também tem as suas nuvens negras. Ele saberá dissipá-las...Confiar.

LORENZO MONSANTO disse...

* perfeito

Edu disse...

Este é o meu segundo favorito, já o li umas 5 vezes. E de cada vez que leio mais sentido me faz, mais coisas vejo, mais coisas novas descobro.
O meu favorito nao posso dizer qual é aqui. loool