quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Baloiçando

                                
                                    No seu balanço, espera o sono e os sonhos chegarem...

Era ali que ela deixava o seu coração a bailar....embalado pelos sonhos.
Decidiu manter em segredo e guardar esse lugar,um sitio especial onde ninguêm a encontrasse
De vez em quando foge até lá, balança no bailoço que se encontra ainda pendurado naquela arvore.
Por vezes tornasse estranho e dificil de entender.
           Empurrada pela brisa do vento, espelhada na superficie da água. Descalça, ao relento....
                                   Para a frente e para trás. Em movimentos irregulares.
Baloiça, açoitada, pelos dias que lhe viciaram a alma, confusa, envolvida numa alegria estonteante.
                                                   Para a frente e depois para trás....
                                                                  Sem sair do lugar.
                                                           O coração baloiçava sem parar.
Era dele que ela percisava  e nesse sitio secreto, encontravam-se variadissimas vezes e viviam em segredo, por uma eternidade.
O destino por vezes separa pessoas que pareciam inseparáveis. Eles eram assim, não era uma mentira,quando ela abria os olhos de manhã era ele que via e demorava algum tempo a aceitar que tudo era realidade.
 Era demasiado absorvente.
Talvez tivesse sido esse o problema...
 Amar demais assusta....
                                              Sedenta dum sorriso que lhe respondia ao sonhar.
                                           Dos braços em concha onde desaparecia sem notar.
                                       Sentia-se quente, perdida naquele mundo de abraço.
                                                    Na saudade gelada que deixa o abandonar.
E ela deixava, deixava o seu coração sozinho a baloiçar. Ora para a frente, ora para trás. Às vezes depressa, outras devagar....
E continuava a manter o segredo daquele sitio especial para onde ia todas as noites baloiçar....
 
 


9 comentários:

disse...

Gostei bastante de ler este texto. As palavras estao bem escolhidas e encaixadas. :)
Ps. Amo a musica.

Secreta disse...

O coração que ama nunca está sozinho...e enquanto baloiça, "bombeia" o amor, por todas as artérias!
Beijito.

A.S. disse...

Belo!... Muito belo!...


Beijos de luar!
AL

gira disse...

Estou sem palavras.

Ana disse...

Lindo...muito lindo...

Beijinhos

Ana

A Palavra Mágica disse...

Amiga Moonlight,

Realmente "amar assusta", mas assusta mais ainda a saudade.

Beijos!
Alcides

Secreta disse...

Vim deixar um beijito...

gira disse...

sinto falta das tuas palavras.
beijo

Isa disse...

Obrigada pelas palavras, muitas vezes fico sem elas quando passo por aqui.
Bjs.