terça-feira, 25 de setembro de 2012

Amor em ti...




Olho-te!
Estás interiormente destruida...eu sei...
Não te posso fazer nada....dizer nada...apenas olhar-te e ajudar-te a destruir o teu passado,ajudar-te a saberes viver o teu presente e talvez juntas , planearmos o que poderia ser o  futuro.. mas não queres nada!
Apenas o que desejas é fazer prevalecer a tua palavra por mais impropia e cruel que seja.
Gostava  sim de acabar com esta tua "morta lenta"...destruindo pedaços de tudo o que foste e agora derrotada e ferida nao és mais...
Fria!
È como te alcunho de seres...mas sei, que não sabes ser mais do que isso.
Não queres que eu te lembre de como te começei a vêr assim.....pois não?Aos poucos foste- te mostrando sem te apreceberes que eu ia crescendo e aprendo com a vida a vêr as coisas dum outro prisma,de uma outra maneira....
Chegou ao fim...como em todos nós,um dia o fim chega.
Não me machucas mais.Não te admito mais autoridade.Estou farta das tuas cenas.
Tenho pena de ti....
Olho-te!
E sei que morres a cada palavra que disferes apenas e só com o intuito de magoares, de fazeres prevalecer a tua palavra.Não te interessa o que se perdes com tudo isso.
Não ,não tenho rancor de ti,não!
Não,não sou orgulhosa e egoista,não!
Não,não sou como tu,não.
Amo de coração o que está á minha volta sem me revoltar com nada.
Amo incondicionalmente sem fazer prevalecer a minha palavra,pois tenho a consciencia que somos todos diferentes e com personalidades desiguais.
Mas para mim o Amor está acima de tudo.
Olho-te!
E penso....
Como é triste aos poucos desapareceres de dentro de mim,como é triste tudo ser errado para ti,tudo ser feio e horrivél,nada prestar,tudo tem que ter defeito ou ser defeituoso.
Olho-te!
E penso...Onde mora o Amor em ti...?

5 comentários:

Lynce disse...

De facto o amor é tramado...por isso cada vez acredito menos nele. O que é que faz com que duas pessoas, que supostamente se amaram, acabassem assim, a magoarem-se um ao outro? Não seria mais fácil cada um seguir o seu caminho sem se molestarem? Por vezes penso que as pessoas são sádicas e que têm prazer em magoar os outros...
Beijinhos, querida

Moonlight disse...

Meu amigo,aqui,hoje,este post fala de um desamor,mas um amor que deveria ser incondicional e que ultrapassaesse tudo é todas as vicissitudes da vida que é para ser vivida num caminho junto até ao fim dos dias.
Amor maternal....

Secreta disse...

Por vezes até o Amor que consideravamos eterno e inabalável... nos prega rasteiras...

Luar disse...

Impossível não perceber a quem se refere este amor!
Pergunto-me como pode alguém deixar que a sua amada "cria" a veja com estes olhos!
Chego à conclusão que nem todos têm o dom de amar de forma incondicional.
Mas... também não deveriam ter o dom de magoar quem deveria ser um dos seus bens mais preciosos.
Calma, força e muito amor no coração. Devolver amor a quem nos oferece dor, é difícil, mas não impossível.
Beijinho

Impossible-not-fall disse...

Minha querida moon,~

A meu ver nem todos têm a capacidade de amar, nem todos têm a capacidade de sentir o que é o amor, pois se o sentissem na sua intensidade eram incapazes de magoar...

Beijo