terça-feira, 17 de maio de 2011

Nada mais

Não há nada mais....

Nos teus desvaneios de silêncio.
Nas  tuas palavras sentidas no desasossego do teu interior.
Nos  teus pensamentos mais secretos.
Nas tuas entrelinhas, eu descanso.
Nas tuas entrelinhas, eu creio no desengano que trazes contigo.

Não há nada mais.....

Duvidas dos momentos de calmaria, duvidas das aproximações duvidosas.
Duvidas daquilo  que  pensas saber o que é, mas não admites que pode não ser.
Duvidas da cegueira interior, pois ela leva-te ao caminho das trevas.
Duvidas das sombras que congelam os teus sentimentos e do que o exterior te faz acreditar em um minuto. Pensas sempre antes de agir e duvidas sempre... antes de aceitar....
Em um segundo,  podes ser puxado para baixo e cair no abismo....


Buscas sempre as respostas, mesmo que nem o mais sábio dos homens as tenha descoberto.
E descobres que,

Não há nada mais....

5 comentários:

Sus disse...

E descobrir que não há nada mais... é meio caminho para se correr atrás do que se deseja!

Do desassego à paz...

Beijos

sonho disse...

Quando não existe nada mais...o melhor caminho é desistir...o sofrimento será menor...
Beijo d'anjo

Daniel Aladiah disse...

É verdade... sempre à procura mesmo que não haja mais respostas.
Um beijo
Daniel

A Palavra Mágica disse...

Amiga Moonlight,

O pior é descobrir tarde que não há mais nada onde antes poderia ter havido... onde antes poderia ter sido.

Beijos!
Alcides

Secreta disse...

Há sempre algo mais... mesmo que não seja aquilo que desejavamos que houvesse...
Beijito.