terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Intrevalo entre Limites

Consecutivamente, em sua vida, Catarina tinha por hábito fazer intrevalos entre os seus dias de vida.
Como que suspensa numa corda,na tenda de um grande circo,ela se imobilizava,por momentos.Sentindo apenas, tudo se movimentar á sua volta.Como que se tentando equilibrar e ganhar coragem para mais uma etapa.
Um tipo de automutilação a que se habituara á muito e muito tempo atras...

Este poderia bem ser o inicio de uma  história de coragem e determinação de uma Mulher,que no vazio das suas memorias, que ficaram no intrevalo entre limites da vida,tenta a todo o custo voltar sempre, mais forte e resistente...
Mas Catarina é apenas e meramente uma personagem....




(...) é preciso partir
é preciso chegar


... Ah, como esta vida é urgente !
... no entanto
eu gostava mesmo era de partir ...
e - até hoje - quando acaso embarco
para alguma parte
acomodo-me no meu lugar
fecho os olhos e sonho :
viajar, viajar
mas para parte nenhuma ...
viajar indefinidamente ...
como uma nave espacial perdida entre as estrelas.

                                                                                         Mario Quintana

10 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Amiga Moonlight,

Que saudade de vir aqui e ver estas maravilhas em palavras.

Um beijo!
Alcides

Lu Nogfer disse...

Olá querida amiga

Vi lhe ver e me desculpar pela ausencia!Logo eu que gosto tanto de comentar mas no momento,to mesmo sem palavras.Acho que sem forças ainda!
Meu coraçao esta com um corte enorme e nao sei qdo vai cicatrizar.As coisas da vida as vezes nos massacram,ainda bem que temos Deus pra nos socorrer e o apoio dos amigos,claro!
Obrigada por suas palavras de força!

Lindo texto como sempre!!

Beijos

António disse...

Agora que a estação está fechada, espero uma visita tua em http://www.detalhemazul.blogspot.com/

Sus disse...

E voltamos sempre... sempre, e de todas as vezes mais fortes e renascidas!

Beijinhos

Secreta disse...

Uma personagem...por si só, demasiado importante.

maria teresa disse...

Catarina existe, poderá é ser uma personagem da vida, mas é real,e existem muitas mais Catarinas.
Lindíssimas as palavras de Mário Quintana

Corina de Oliveira disse...

Podes-me ajudar com a minha renovação? :D Basta vires AQUI.

Muito obrigada! :)

Amiga do Cafa disse...

Somos pessoas cheias de urgências..isso nos torna interessantes.
Precisamos, todos, de alguns intervalos, para pensar e repensar..

Beijos

Tatá disse...

é preciso partir, é preciso chegar..
disseste tudo com este pequeno fragmento *-*

saudade disse...

Mesmo que seja em sonho, por vezes é mesmo urgente partir, e viajar num infinito desejavel...
Beijo
Saudade