quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Se....



Se deixasse o meu coração falar, ainda que fosse baixinho, quanta coisa ele te diria contra a minha vontade. Diria certamente que, por mais que a minha cabeça tente, ainda não te expulsei daqui de dentro. Contaria, sem possível margem de erro, as inúmeras vezes que fecho os olhos para te sentir mais perto. Falaria sobre os momentos em que estiveste presente, em que fazia por não te querer , em que tentava ser forte, em que me sufocavas com a tua ausencia, em que me fazias sentir culpada, em que me fazias sentir insegura.
Se deixasse o meu coração falar, ainda que fosse por segundos, quantas coisas que tu querias ouvir e eu pretendo calar,mas ele diria. Diria que gostava do teu olhar e da maneira como ele procurava o meu. Diria ainda que quando eles - os nossos olhares - se encontraram, o mundo à volta se auto-destruiu e o único barulho que existia eramos nós que o faziamos. Falaria desse teu cheiro que tento afastar, desse teu sabor que tento apagar, desse teu toque que tento esquecer. Contaria, com precisão, as vezes que o meu corpo se contorce de desejo pelo teu.
                       Se deixasse o meu coração falar, ainda que fossem umas breves palavras...
                                                           .... não o deixaria falar por agora...







6 comentários:

Lu Nogfer disse...

Linda amiga Moon!

Tao sensivei tuas palavras...!
Quanto coisa fica guardado no intimo do nosso coraçao esperando apenas uma pequena chance para balbuciar algumas palavras!
O coraçao é nosso bussola!
Por vezes,querida,deixamos a razao falar mais alto mas fazemos bem quando deixamos nos guiar pelo coraçao pois só ele é capaz de falar com tanta precisao!
(As rimas foram sem intençao!rs)

Gosto tanto daqui!

Beijos,doce menina!

Srtª Bêêh disse...

Moon...!
Saudades imensas daqui, de suas palavras... E que palavras! Rs... Adoro ler-te, pois sinto cada letra pulsante. O coração é mesmo assim... Quer sempre falar por nós...

Fique bem!

Srtª Bêêh

Sonhadora disse...

Minha querida

Se deixasse o meu coração falar, ainda que fosse por segundos, quantas coisas que tu querias ouvir e eu pretendo calar,mas ele diria. Diria que gostava do teu olhar e da maneira como ele procurava o meu.

Como essas palavras...poderiam ter sido escritas por mim, tanto que me falam.

Beijinhos, minha querida
Sonhadora

Diana Carla disse...

Querida Moon como essas palavras descrevem meu coração...ah se eu deixasse meu coração falar...

Mas é assim por muita vezes estamos tão atreladas a nossa realidade a rzão que devemos seguir que deixamos nosso coração calado...

bjinhus...

A Palavra Mágica disse...

Moonlight,

Minhas palavras ficariam pequenas diante disso:

Sangrando
Composição: Gonzaguinha

Quando eu soltar a minha voz
Por favor entenda
Que palavra por palavra
Eis aqui uma pessoa se entregando
Coração na boca
Peito aberto
Vou sangrando
São as lutas dessa nossa vida
Que eu estou cantando
Quando eu abrir minha garganta
Essa força tanta
Tudo que você ouvir
Esteja certa
Que estarei vivendo
Veja o brilho dos meus olhos
E o tremor nas minhas mãos
E o meu corpo tão suado
Transbordando toda a raça e emoção
E se eu chorar
E o sal molhar o meu sorriso
Não se espante, cante
Que o teu canto é a minha força
Pra cantar
Quando eu soltar a minha voz
Por favor, entenda
É apenas o meu jeito de viver
O que é amar

Um beijo!
Alcides

Afonso Costa disse...

por vezes temos que calar o coração, mas seria tudo tão melhor se não tivessemos que o calar. :)

Beijinho