segunda-feira, 14 de junho de 2010

A minha cidade,a minha vila,a minha paixão


Gosto de caminhar no meio da multidão que quase se atropela na cidade onde nasci.
A correria desenfreada, para atravessar a estrada a cada sinal de peão verde.
A correria desenfreada, que as pessoas hoje em dia se proposicionam,porque assim têm de o ser.
Eu passeo devagar...um passo de cada vez...um corpo que se move com calmaria.
Já nada me espera.
Já não há nada, que me faça correr assim....
Posso usufruir da paisagem,tenho tempo de apreciar as expressões das pessoas,de escutar alguns comentários, algumas conversas, na esplanada que tanto gosto de me sentar por uns momentos e apenas...apenas observar ou apenas deixar o pensamento divagar...
Este Sol que me acompanha,que me aquece... o corpo...a alma.
Que me bronzea os braços a descoberto.
Dá-me vida!
Dá-me força!
Faz-me fechar os olhos,balançar a cabeça para tras,tirar os oculos escuros e sentir ele tocando na minha face como se, de um beijo teu, se tratasse.
Aquele beijo....que á tanto tempo se foi....apenas sobrevive na memoria.
Aquele abraço desejado...que á tanto tempo se foi....apenas sentido com o  pensar.
Agora sei,sei te dizer por quem me apaixonei de verdade.
Um dia apaixonei-me pelo Amor.
Um dia apaixinei-me,pelo teu Amor...não por ti.
Um grito de uma gaivota,acorda-me para a realidade.
Abro meus olhos e aprecio o seu voar....que se desenha abaixo das nuvens, que salpicam o azul do cêu, de branco.
Que lindo é este momento.
Que lindo é poder ter tempo,disponibilidade de usufruir destes momentos.
Que nostálgico e belo é este momento.
Sim...,ás vezes sinto-me perdida.  Mas logo porêm, encontro um momento assim e sei que posso sempre olhar o céu, e me reconfortar.
Imaginar tudo ao contrario....
Se eu vivesse numa nuvem e podesse vêr a terra de lá...será que te encontraria...?.
Porque nesta cidade que não é assim tão grande,eu nunca mais te encontrei....
Mas sei que sempre que fechar meus olhos encontro-te bem perto de mim.
Embora tão longe sinto-te tão perto.
 Estás dentro do meu pensamento.
E chega a hora de partir para a minha Vila.

Vila encantada.
Vila de histórias, de principes e princesas
De histórias de encantar,
De castelos e palácios
Jardins para namorar.
Vila encantada onde fui encontar
O lugar do meu viver.
Quem sabe se um dia uma história eu contarei,
Dum Amor por quem eu me apaixonei
E não mais o encontrei....

16 comentários:

duda disse...

histórias de amor perdidas são as melhores...as que se tornam reais...desgastam e morrem"

R... disse...

Querida

Será "Sintra"...?

Beijo

Angel in the dark disse...

Um amor, uma paixão!...
Saudades que jamais se apagarão dentro de nosso peito.
Boa semana pata ti!

Angel

lynce disse...

Será Sintra? Acho que só pode...
:)))

Sammael disse...

sem palavras...


beijo

Lua Nova disse...

Quanta saudade ainda há nesse coração, querida... e, ao mesmo tempo, quanta necessidade de se sentir livre. Nossa vida consiste em sabermos conciliar nossos contrastes e contradições, nossos anseios e mágoas enquanto sobrevivemos ao dia a dia. O contato com o sol e a brisa de um dia agradável, acalenta a alma e acalma a ansiedade. Portugal é um país lindo e, se eu tivesse que morar na Europa, seria minha primeira opção. O interior da França, a segunda. E uma vila em um cantão suíço, a terceira.
Qual será tua linda cidade? Gostaria de saber.
Beijos, Moonzinha, e uma semana do jeitinho que vc idealizou.

Jacarée disse...

Parabéns nasceu numa linda Cidade exótica...encantadora...
Onde domina a Natureza
A arte, a glória, a liberdade florcendo a fermosura...fresca Serra Onde o Sol oferece a pureza ... jardins.... rica nas suas tradições e diversidade artística... influencias e tradições góticas...
Bjs

segredo disse...

O tempo é um balsamo, uma ajuda, uma terapia!
Poder caminhar sem pressas, sem "olhar" e apenas respirar é mto bom.

Beijinho de lua*.*

Lu Nogfer disse...

Minha doce amiga

Por vezes a vida é assim né!?Cheia de nostalgia!
Usando as sua palavras...Ainda bem que encontramos um momento que podemos olhar para o ceu e nos reconfortarmos...
É nesses momentos que sonhamos e imaginamos o contrario...

Sim minha linda!Porque a vida tbm é tecida de sonhos!

Acabei de nos postar.rs
Espero que goste!

Beijos com carinho!

*lua* disse...

Engraçado só nesse pedacinho de imagem a gente já viaja aí para seu mundo ... tão distante do meu (Brasil) mas parece ser tão familiar ... o céu, a mata, arquitetura e principalmente o amor que nunca mais o viu!!! suspiro! beijo grande minha Lua Querida

Marcia disse...

Moonlight, te vi la na nossa amiga Lu Nogfer e passei pra te conhecer!
Belo esse seu cantinho!
Parabens pela linda participaçao la no post da Lu e por esse texto aqui tambem.Muito boa reflexao e ricas suas palavras!

Abraços

Fê-blue bird disse...

Que linda homenagem à vida, ao sonho e ao amor.
Nada melhor do que a disponibilidade do nosso ser para encontrar na beleza das coisas a essência de tudo.
Adorei, como sempre.
Um beijinho

maria teresa disse...

A Sintra dos Amores, dos Poetas, dos Amantes...ajuda-nos a sonhar deixando a mente a divagar.
Abracinho

sonho disse...

Viagei...sonhei...amei...esta tua cidade...tua vila...tua paixão...
Beijo d'anjo

Diana Carla disse...

ola... cheguei aqui a partir do post da Lu " A lua e eu" e foi como imaginei realmente um encanto!

lindo seu espaço!
seguindo*

bjinhus e uma otima noite...

Whispers disse...

Querida Moonlight,

O lugar encantado sera sempre aquele que se deixa o coracao.
Amo esta musica, haja o que houver.
Me faz lembrar velhossssssss tempos!.....

Mil beijos
Rachel