sexta-feira, 16 de abril de 2010

A ultima fase

Hoje chove forte,o vento que acompanha é como que se quisesse despir as arvores das suas tenras folhas.Caótico, chamo-lhe eu.
Hoje certamente não teria sido um dia bom para morreres.....
segundo Elisabeth Kubler-Ross,quando estamos a morrer,ou sofremos uma perda catastrófica,passamos por cinco fases distintas do luto.
Entramos em negação...Porque a perda é tão inconcebível,que não conseguimos imaginar que seja verdade.
Ficamos zangados com toda a gente,zangados com os sobreviventes,zangados conosco.
A seguir ragateamos....Imploramos....Suplicamos....
Oferecemos tudo o que temos.
Oferecemos a nossa alma em troca de apenas mais um dia.
Quando o regatear falhou e a revolta é muito dificil de conter entramos em depressão,em desepero,até que por fim temos de aceitar que fizeram tudo o que podiam,e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance.
Desistimos...desistimos e passamos á aceitação.
Hoje....não seria um dia bom para morreres...mas á vinte e três anos atras foi....
Estava um dia lindo de Sol de verdadeira Primavera e quente como já fosse Verão....

10 comentários:

Mara Alves disse...

Querida moonlight...

Acho que estás a definir exactamente,as nossas reacções simultâneas, quando parte de junto de nós alguém que amamos.

Agora a diferença entre um dia de Iverno e Primavera, para mim não existe, porque quando parte alguém que amamos, fica sempre um dia de Iverno rigoroso.

Fantástica descrisão, como sempre lindo.

Beijo

Angel in the dark disse...

Está tudo dito...

Angel

maria teresa disse...

Alguém que continua em si, não partiu... é amado.
Abracinho

Hellag disse...

as suas palavras definem exactamente o percurso que cada pessoa percorre nestas situações, uma escalada de sentimentos em crescendo! as suas palavras transmitem a aceitação (etapa final deste processo) mas não o cessar de sofrimento! as suas palavras fizeram-me reviver...iguais momentos. :)

Hellag disse...

as suas palavras definem exactamente o percurso que cada pessoa percorre nestas situações, uma escalada de sentimentos em crescendo! as suas palavras transmitem a aceitação (etapa final deste processo) mas não o cessar de sofrimento! as suas palavras fizeram-me reviver...iguais momentos. :)

Whispers disse...

Querida Moonlight

Quem morre nunca nos deixa, o corpo da pessoa não o voltamos a ver.
O tempo ate pode apagar algumas memórias
As o Espírito da pessoa esta onde guardamos os tesouros que a vida nos deu
Dentro do nosso coração
Que hoje a chuva, chore as lágrimas da saudade
E que logo o sol brilhe com a certeza que um dia voltaras a sentir essa pessoa ao pé de ti.

Querida, desejo que tenhas um fim de semana maravilhoso
Mil beijos
Rachel

Laura disse...

Minha querida...há tanto tempo e logo entro num dia que te trás duras recordações,mas deixa...Um dia voltarás a estar junto de quem partiu e já será mais fácil, agora fica a saudade que dói sempre, passem os anos que passarem..Beijinho e abraço apertadinho da laura

segredo disse...

Ainda hoje estive a falar com alguem k esteve num seminario sobre a morte e as varias fases...
Nunca é bom dia para morrermos minha querida!
Beijinho de lua*.*

sonho disse...

Minha querida os que partem...nunca morrem no nosso coração...
Beijo d'anjo

Secreta disse...

Nunca é fácil aceitar a morte.