quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Falo ao mar



Neste infinito fim que nos alcançou


guardo uma lágrima vinda do fundo
guardo um sorriso virado para o mundo
guardo um sonho que (nunca) chegou
Na minha casa de paredes caídas
penduro espelhos cor de prata
guardo reflexos do canto que mata
guardo uma arca de rimas perdidas
Na praia deserta dos dias que passam
Falo ao mar de coisas que vi
Falo ao mar do que conheci...
No mundo onde tudo parece estar certo
guardo os defeitos que me atam ao chão
guardo muralhas feitas de cartão
guardo um olhar que parecia tão perto
Para o país do esquecer o nunca nascido
levo a espada e a armadura de ferro
levo o escudo e o cavalo negro

levo-te a ti... levo-te a ti....

levo-te a ti para sempre comigo...
Na praia deserta dos dias que passam
Falo ao mar de coisas que vi
Falo ao mar do que  perdi...

"Musica dos Toranja-Tema Fim"


9 comentários:

Edu disse...

O mar .... A tragedia final...o inicio da regressao ao passado sonhado, com cores e baloes perfumados num vento de momoria curta sopra laegramente no barco que estas a deixar partir nesse mar.

Va quanto ao meu texto , isso de se votlarem a ver ou nao, é entre o enrique e a beatriz.

bjinho

D. Sebastião disse...

Porque é que o Mar tem essa tendência para repositório de emoções?

Beijo

Vento disse...

A letra é um infinito de emoções, que tocam fundo os sentidos.

Beijo

Pensador disse...

Que o mar, mesmo de águas salgadas, possa lhe devolver os mais doces sonhos.
Um beijo e um uivo!

Charlotte disse...

E o mar é um bom confidente!

Beijinhos Moonlight

susana disse...

Será o mar o confidente de tantos seres, humm acho que sim, ele sabe tanto de mim...

Beijo de um anjo
Susana

segredo disse...

O MAR... eterno ouvinte e confidente!
Beijinho de lua*.*

sonho disse...

O mar tem as suas virtudes...os seus encantos:)
Beijo de um anjo

maria teresa disse...

O mar atrai, seduz, afaga, mas... traí!