domingo, 9 de agosto de 2009


"Quero, um dia, poder dizer às pessoas que nada foi em vão…Que o amor existe, que vale a pena se doar às amizades e às pessoas,que a vida é bela sim, e que eu sempre dei o melhor de mim…e que valeu a pena."

Mário Quintana


Não era a primeira vez que acontecia algo semelhante em sua vida.
Desta vez, ela ao inicio pensou que aconteceria o regresso.Depois com o passar de alguns meses,como não tiveram tempo de se conhecerem assim tanto,achou que não se voltariam a encontrar.
Arrumou tudo aquilo que tinha para arrumar,dos seus sentimentos.Fingiu para si mesma que se tinha esquecido,sarou as suas feridas,e continuou...decidida a adormecer tudo em si...
Agora inesperadamente ele voltou.
E agora?
Agora aquela mulher sente um misto de sentimentos fluírem novamente dentro de si.
No momento teve vontade de rir e pular de alegria.Depois sentiu vontade de chorar.
A sua vida era complicada...era covarde.Agora tinha medo de já não ter a força que teve no começo.
E decidiu que o melhor seria viver um dia de cada vez...e deixar o tempo tratar do resto.
Ele para ela,era algo que nunca tinha exprimentado.Era como o tempo tivesse voltado atrás,ela sentia-se uma jovem, quando estava junto a ele.
E ele....que sentiria ele por ela,para lhe voltar a dar noticias,ao fim deste tempo.
Que significaria aquela troca de palavras e pedidos de desculpa.
Dizer-lhe que se sentiu inseguro.
E ela?Como se sentiu???


16 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Moonlight,

Justo agora

Eu ouvi dizer
que você assim
como quem não quer nada
perguntou por mim

Agora
Logo agora
Justo agora

Eu ouvi você
me dizer que sim
mas era silêncio o que se ouvia
quando dei por mim

Agora
Logo agora
Justo agora

Esta música interpretada pela Adriana Calcanhoto é exatamente o dilema da personagem do seu texto.

É ou não é para deixar qualquer um louco?

Beijos!
Alcides

rui disse...

Moonlight...acabei de comentar o anterior....
mas este texto tambem ta bonito....
esse resumo dava um filme..um filme
de amor...onde a ausencia...o destino...o amor.....a vida...
iria colocar os espectadores a mexerem-se nas cadeiras... os mais sensiveis a chorar....
PORQUE SERÁ QUE ELE VOLTOU?

trouxe ao menos mala.....é que se trouxe mala é para ficar......

um beijo.....obrigada pelo teu comentario....e tambem pelo carinho
Eu senti a muito aquilo que ali deixas-te escrito------
Boa semana

Rui

rui disse...

voltei....grande maluco.....

esqueci de dizer que a musica o poema e linda.......obrigada pelo som que aqui ouvi.....bom gosto musical.......tem a minha amiga

outro beijo..pela musica
Rui

Kika disse...

Olá,

Muito obrigada pelo teu comentario, acredita que me fez sentir um pouco melhor, contudo é quase impossivel conviver com alguem com quem nem dialogo, mesmo assim sempre q me chateio faço tudo para pensar no que a minha mae me diria se tivese aqui comigo. Não sei bem o que te dizer pois eu considero-me uma pessoa onde a minha constituição é feita de bases, ou seja, eu para estar no meu estado dito "normal" tenho que ter as minhas bases estaveis e a minha mae era a maior base q eu tinha, a minha heroína, era mesmo tudo para mim, e agora eu tenho grandes oscilações mesmo tendo um ou outro bom amigo mas mesmo assim sinto-me mto mal porq nao tenho quem eu mais amo.

perdoa-me este desabafo mas saio sem dar conta~.

beijinhos

Dead Porcelain Doll disse...

Bem... se alguém que desejámos muito no passado volta... e ninguém com maior expressão surgiu para ocupar o nosso coração... então, é mergulhar de cabeça, como eu costumo fazer sempre!! :D

Mais tarde ou mais cedo acaba por se ser compensado... se não for de uma forma, é de outra!! ;)

Beijinhos!

Whispers disse...

Querida Moonlight!

Dizem que o que amamos devemos deixar livre, se partir e voltar é porque era nosso,se não voltar é porque nunca foi.....Bem,não concordo muito com este dizer.
Por vezes deixamos ir, não porque na altura era nossa vontade,deixamos ir porque a outra parte quis partir.
Depois de ficarmos noites sem dormir, de chorar por tudo e por nada,de pensar que o coração vai explodir.de nos culpar muitas vezes,será se tivéssemos feito assim, será se fosse de outra maneira,será,e o será, o talvez,o porque, nunca mais acaba.
Quando a paz começa a entrar no nosso ser, quando a tempestade volta a bonanca, ai sem mais nem menos volta o passado, as desculpas, os porques.mas será que essa outra pessoa só voltou porque percorreu os caminhos que queria,viveu o que sonhou,fez o que desejou,cansou ou alguém lhe fez o mesmo e então, ele(ela) volta porque sabe que na outra pessoa tem o porto seguro.sabe que o outro coração sempre o(a) amou?
Gostei muito da tua historia.em good sentido me fez pensar para alem das palavras
Querida,um beijo bem grande e desejos de boa semana
Rachel

Ademerson Novais disse...

È sempre bom vir aqui e ler tuas linhas sempre recheadas de sentimentos e emoçoes..onde em cada linha a vontade è não querer mais parar..

Lindos textos....

Ademerson novais de Andrade

Secreta disse...

As duvidas assaltam-nos o pensamento e o coração... cabe a nós decidir se queremos tentar esclarece-las , ou se , preferimos deixar no passado o que aconteceu no passado e seguir em frente.

Edu disse...

Que interessa isso? o pq? Tem assim tanta importançia? o que interessa é o k sente não os porques de o sentir, os porques de viragens inexperadas na vida. Só servem para nos fazer sentir, não para se perceber.
beijinho

ŁǺи¥ disse...

Olá minha querida Moonlight,

Hoje estou passando para agradecer a todos, pois mesmo estando uns dias ausente vcs prestaram uma grande atenção e carinho a mim... fico muito grata por tudo!

"Quero expressar a gratidão eterna pela dádiva de ser quem eu sou, ter o que tenho, e estar presente neste instante, onde quero estar, e convivendo com quem quero conviver."

(Gilberto Katayama)


(Passo este recado a todos os meus companheiros de blog.)

Beijos

sonho disse...

Querida quando alguma coisa do passado fica mal resolvida...acaba sempre por regressar...e depois...ou usamos a razão e pensamos...ja sofri por ti...consegui atenuar a dor...e agora voltas para me relembrar tudo o que senti...não, não quero voltar a passar por tudo outra vez...ou da mos asas a emoção esquecemos qualquer dor do passado...e vivemos esssa paixão esse desejo...e pronto vive se o momento...sem pensar no depois...
Beijo de um anjo

segredo disse...

Mario Quintana é maravilhoso...
Beijinho de lua*.*

Pensador disse...

Sentimentos contraditórios, concordo. Mas, se existe mesmo o amor, por pior que seja o sentimento de confusão, mais doce é o da reconciliação. Te amo, minha amada!
Beijos carinhosos!

Dois Rios disse...

Minha querida,

Se ele voltou e ela sentiu alegria ao reve-lo, ainda que temerosa, é porque a história de amor dos dois ainda não tinha terminado.

Beijo,
Inês

Vento disse...

Concordo com a frase:

"um dia de cada vez..."

beijo ao luar

Moonlight disse...

A todos os que me são queridos e amigos,

Agradecida pelos vossos carinhosos comentarios,aprecio todos eles com imensa satisfação.
Sou da opinião que nada daquilo que passou volta da mesma maneira...pelo menos não será vivido com a mesma intensidade....mas possivélmente...enganada estou!!!
Desculpem meus queridos,umas vezes vos respondo outras não....mas se assim não fosse eu não seria a Moonlight que sou...assim "aluada"!!!!:)))))))
Mas adoro vos lêr a todos,são importantes para mim.

Um bjinho cheio de luar em todos voces