sexta-feira, 22 de maio de 2009

Um gostar


Gostaria de voltar para te dár
Algo mais que um luar
Beijando teu rosto sem medo de ficar.
Gostaria de te abraçar
E puder brevemente te imaginar
Sorridente ,com o verde do teu olhar.
Gostaria de mãos dadas caminhar
Pisar a areia e o mar
Sentir um sopro de ar
De não mais te largar.
Gostaria de coração leve te expressar
Quantas vezes sonhei com este amar
Sem medos de naufragar.
Gostaria de um dia te encontrar
E contigo viajar
E nunca mais te abandonar.
Para junto a ti ficar
E te banhar com este cheio luar...

6 comentários:

Liginha Gabriela disse...

Olá Moonlight =)~
Que belíssimo poema, cheio de romantismo!!

Eu gosto e amo fazer tudo isso..rss

Um xeRo no colaXaumm

;***~

(♥

A Palavra Mágica disse...

Moonlight,

No silêncio da noite a lua caminha por lugares que a razão desconhece. Seus raios tocam o que quer. Sou testemunha disso, muitas vezes acordei de madrugada com um lindo azul a penetrar a janela do meu quarto e pousar sobre mim. Infelizmente parte do meu quintal foi coberta e se quiser ter esse privilégio, tenho que me levantar da cama, mas vale a pena.

Beijos!
Alcides

Vento disse...

Um belo eterno ficar...

Beijo

Unknown Artist disse...

Muito bom =)

Isa disse...

Muito belo este poema
A noite, a lua, o luar transporta-nos para um lugar mágico.

Beijos

Edu disse...

Por vezes tanto gostamos de dar que ate lhe ganhamos tal vicio, que agredeçomos a que recebo o que damos.
bjus