sábado, 4 de abril de 2009

Minha bebé

Tu que és meu acordar meu deitar
Tu que és o Ar que respiro
Tu que és chão estável que piso
Tu que és vento que me acaricia
Tu que és sol que me aquece
Tu que és mar que me embala
Tu que és a estrela mais brilhante
Sem ti não saberia viver neste céu pintado de negro
Onde meu luar te acompanha e te guia
Nestas noites em que me perco
Em que cheiro teus cabelos sedosos e vibro
Com teu cheiro de bebé "a minha bebé"
Enquanto te aninho em meus braços e te deixo adormecer
Para te puder ficar a contemplar....
Não sei ao certo quanto gosto de ti...
Porque é imenso este gostar,mas sei que não saberia viver sem ti....

( dedicado com muito Amor á minha adorada filha)

7 comentários:

A.S. disse...

Ternura infinita, num coração de Lua cheio de amor!...


Beijo

Unknown Artist disse...

Há imensas formas de se demonstrar o Amor que sentimos,
esta é uma delas =)
Beijinho

A Palavra Mágica disse...

Moonlight,

O Amor de mãe é o mais belo, puro e verdadeiro de todos. É Divino!

Beijos!
Alcides

rui disse...

Li como muita atencao o teu poema-- texto..
e gostar dos filhos ...é um dever dos pais..pois nao foram os filhos que pediram para vir ao mundo.
Mae.. ela é tudo..muitas vezes lê-se casos que os filhos nem reconhecem a aquilo que as Maes fazem por eles....Eu adoro minha Mae..e tou sempre com vontade de saber se tá bem.....

Escrevi isto....so para te dizer
que continues sempre muito mas muitooooooo amorosa com tua filhota
e que ela um dia te de os carinhos que sempre Tu lhe destes...

um beijinho para os dois....MAE E Filha....

Rui

António disse...

Que a vida sempre sorria para ambas!

Edu disse...

É um amor que nos arde directamente na alma e coraçao. É algo que nunca acabará. Uma ternura eterna.E por mais belo k seja este texto nunca fará com que expresse tudo que sentes pela tua filhota. Nem ela por ti.
Um sentimento de partilha e complicidade eterno. Lindo e de guerra pela luta de quem mais ama. Nao deixes perder essa guerra.Pois ela firá sem duvida mais mulher assim.Amor não e pussuir mas sim partilhar tudo, não exegir mas sim dar. E neste caso ainda mais.
Bju
mandava um bju a tua filha/filho, mas ainda era acusado de pedofilia é melhor tar keto e mandar só a mae loool

Isa disse...

Que homenagem tão linda, que ternura, que beleza.
Eu também náo sei se saberia viver sem as minhas filhas.
Penso nelas dia e noite, não consigo separar-me nela.
Tudo o que faço na vida é por elas.

Não há maior amor, do que o amor de mãe.

Fica bem

Isa