domingo, 26 de abril de 2009

A lado nenhum


"...e saiu,correndo ás pressas.

Pegou no carro,pôs o cinto de segurança e ligou o motor.

Derrapou no arranque,e em alta velocidade seguiu ,sem medos, sem receios. sem pensamentos.

Dirigiu-se para a auto estrada,era o melhor caminho que poderia percorrer sem pensar no caminho,nas reduções de velocidade de trajectos sem fim...e assim por longas horas conduziu apenas pelo prazer de conduzir.

Não tinha para onde ir...não queria ir a lado nenhum....

E no anoitecer....cansada de não conseguir modificar nada regressou ao mesmo local de partida. E sem mais continuo com tudo tal e qual como se não tivesse ausentado.

Ninguém deu pela sua falta....ninguém notou as suas horas de ausência,não houve explicações muito menos transformações..."


"Quando não se sabe para onde se vai....nunca se vai muito longe."-Goethe

6 comentários:

meus instantes e momentos disse...

ótimo texto. E isso é realmente o pior, ninguem sentir a falta...
Tenha bela noite ,.
Maurizio

Unknown Artist disse...

Como não sabes para onde vais,
não sabes também onde poderás chegar =)

Merchi disse...

... loved it!

A Palavra Mágica disse...

Moonlight,

"não houve explicações muito menos transformações..."

Mas houve ao menos a atitude e isso é um bom sinal.

Beijos!
Alcides

BC disse...

Por vezes a lado nenhum, acaba por ser a algum lado!!!
Beijo
Isabel

Moonlight disse...

meus instantes e momentos

Maurizio,sem duvida alguma no trajecto que por vezes percuremos não sentirem nossa falta,quer dizer muito....

Um bj cheio de luar


Unknown Artist

Costuma-se dizer quem não arrisca não petisca!

Um bjo com luar


Merchi

Thanks...

Um bj com luar


A Palavra Mágica

Concordo contigo já é muito bom ter alguma atitude pelo menos leva-nos a algum lado

Um bj cheio de luar


BC

Quantas vezes o nada é tanto!

Um bj com luar