domingo, 1 de fevereiro de 2009

Não goste do Amor


Não goste do amor
Goste de alguém que te ame, alguém que te espere,
Alguém que te compreenda mesmo nos momentos de loucura;
De alguém que te ajude, que te guie,
Que seja seu apoio, tua esperança, teu tudo.

Não goste do amor
Goste de alguém que não te traia,
Que seja fiel, que sonhe contigo,
Que só pense em você, que só pense no teu rosto,
Na tua delicadeza, no teu espírito.
E não no teu corpo, nem em teus bens.

Não goste do amor
Goste de alguém que te espere até o final,
De alguém que sofra junto contigo,
Que ria junto a ti, que enxugue suas lágrimas,
Que te abrigues quando necessário, que fique feliz com tuas alegrias
E que te dê forças depois de um fracasso.
Não goste do amor

Goste de alguém que volte pra conversar com você depois das brigas,
Depois do desencontro.
De alguém que caminhe junto a ti,
Que seja companheiro, que respeite tuas fantasias, tuas ilusões.

Goste de alguém que te ame.
Não goste apenas do amor.
Goste de alguém que sinta o mesmo sentimento por você!

Luis Fernando Veríssimo

1 comentário:

Escorpião disse...

Ola Moonlight,
Antes de mais obrigado pela visita/comentário
Passei pelo teu blog e gostei particularmente deste post!
Quem dera que o ser humano tivesse o dom de poder escolher quem ama! Mas infelizmente 'a coisa' não se processa assim!
Amamos sem uma razão lógica, sem uma escolha! Apenas porque o sentimos! Há quem lhe chame quimica...

Beij*s