quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Verdadeiro ou Falso....quem sabe......

Uma vez li...
"as pessoas não têm o que querem,têm o que merecem...as pessoas não têm o que procuram,têm o que lhes é colocado no caminho das suas vidas..."
Uma linda frase,com um sentido intenso,fez-me relê-la,por varias vezes e
questionar-me se realmente será mesmo assim?
Se assim for,não posso deixar de me considerar uma merecedora, por teres sido colocado no meu caminho...quer seja,por uma razão,por uma estação ou pela vida inteira.



Asas servem para voar,
Para sonhar, ou para planar
Visitar, espreitar, espiar,
Mil casas do ar.

As asas não se vão cortar;
Asas são para combater,
Num lugar infinito no vacuo,
Para respirar o ar.

As asas são
Para proteger, te pintar
Não te esquecer,
Visitar-te, olhar-te, espreitar-te
Bem alto do ar.

E só quando quiseres pousar
Da paixão que te roer,
É um amor que vês nascer
Sem prazo, idade de acabar.
Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer.

Mas só quando quiseres pousar
Da paixão que te roer,
É um amor que vês nascer
Sem prazo, idade de acabar.

Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer.
Não vejo leis para te prender
Acontença o que acontecer.
Não há leis para te prender
Aconteça o que acontecer...

1 comentário:

Edu disse...

Já ha muito que não lia um verdadeiro poema tão bem construido. Sem rimas forçadas, que flui naturalmente.
Ta mesmo fantastico este ..

PS: ja tinha dito que gostei mesmo muito deste poema ? ta mesmo bom.