sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Saudades...


Acordo,na madrugada,calma e calada e assim consigo escutar o som do meu silencio interior.
Penso naquilo que me tornei...Entre almofadas aconchego meu corpo faminto e ausente,de desejos e caricias,que então antes, tanto imaginei.
Sinto saudades de mim,do que fui e já não sou.
Saudades do que vivi e do que deixei por viver.
Tenho consciência,que não podemos viver do passado,mas e do presente?Quantas saudades existe presentemente,sem as conseguir matar....
E quando me deixo levar em pensamento apercebo-me e sei que desta vida nada mais levo senão momentos....recordações.
Questiono-me então...levo saudades?
Se é para levar recordações,então quero voltar a viver algumas situações.
Não que não me recorde das que vivi,quero é voltar a senti-las...algumas.
É como uma cicatriz,é algo ou alguém que passa por nós e não desaparece,pode adormecer,mas fica sempre cá dentro.
E pode ser por múltiplos motivos,situações,momentos únicos ou pessoas únicas.E é verdade,há pessoas que são únicas e essas deixam-nos...saudades....

Sem comentários: